Connect with us

Esportes

Alpha Esportes: Pirelli estreia na F1 pneus com certificação FSC para motorsport

Published

on

pneu-pirelli
 
Isso certifica que toda a borracha natural contida nos produtos cumpre rigorosos critérios ambientais e sociais

A Pirelli faz história na F1 e é a primeira empresa a produzir uma linha completa de pneus certificados pelo FSC – Forest Stewardship Council para motorsport. A partir deste ano, todos os pneus utilizados no Campeonato Mundial de Fórmula 1 serão marcados com o logotipo do FSC.

 
“A estreia dos nossos pneus certificados pelo FSC no mundo do motorsport representa um momento significativo na jornada de sustentabilidade da Pirelli. Em 2021, fomos os primeiros a equipar um carro de estrada com pneus certificados pelo FSC, e agora estamos orgulhosos de ser os primeiros a fazê-lo também no motorsport”, explica Giovanni Tronchetti Provera, vice-presidente executivo de Motorsport, Sustentabilidade e Mobilidade do Futuro da Pirelli.
 
Isso certifica que toda a borracha natural contida no pneu cumpre rigorosos critérios ambientais e sociais exigidos pelo FCS, a organização não governamental que é líder mundial na silvicultura sustentável.
 
Essa certificação, anunciada em 10 de outubro do ano passado, quando a Pirelli renovou seu acordo como parceiro global de pneus da Fórmula 1 até pelo menos 2027, será aplicada a todos os pneus utilizados na pista durante a temporada, incluindo os testes de pré-temporada.
 
Os pneus certificados pelo FSC foram introduzidos após um intenso programa de desenvolvimento que começou em 2022, e apresentou resultados claros em termos de confiabilidade e desempenho.

Esportes

GP da China é a próxima etapa da Fórmula 1 2024

Published

on

GP da China é a próxima etapa da Fórmula 1 2024

O GP da China está de volta ao calendário após um intervalo de cinco anos. 2019 foi o último ano em que a Fórmula 1 correu em Xangai, realizando nessa ocasião as celebrações para marcar o milésimo evento na história do campeonato mundial de maior prestígio na história do motorsport.

O trio de pneus Pirelli escolhidos para o GP da China são o C2 como Duro, o C3 como Médio e o C4 como Macio

A longa pausa se deveu ao lento retorno à normalidade após os efeitos da pandemia de Covid-19 e a China agora está de volta ao calendário, com sua primeira aparição a poucos meses de completar 20 anos. A primeira edição deste GP foi realizada em setembro de 2004.

Todas as 16 edições foram realizadas no Circuito Internacional de Xangai, projetado por Hermann Tilke, cujo traçado é vagamente baseado no caractere chinês “shang”, que significa “acima”.

O percurso de 5,451 quilômetros traz 16 curvas, várias delas muito lentas, por exemplo a sessão entre as curvas 1 e 3 e 6 a 14, enquanto outras são de alta velocidade, como o ‘S’ entre as curvas 7 e 8. Há duas longas retas, ambas utilizadas como zona de DRS, com uma na reta de largada e chegada e a outra na reta oposta, de mais de um quilômetro, a partir da curva 13, que é ligeiramente inclinada na entrada da curva 14.

Com base em simulações e dados anteriores, os pneus estão sujeitos a forças laterais e longitudinais que se enquadram na categoria média, com a parte externa do pneu, especialmente no lado esquerdo do carro, sofrendo o maior desgaste.

Advertisement

Abril em Xangai pode registrar uma mudança acentuada nas temperaturas

GP da China é a próxima etapa da Fórmula 1 2024

O trio de pneus escolhidos para Shanghai é o meio da gama, com o C2 como Duro, o C3 como Médio e o C4 como Macio. Nominalmente, é a mesma seleção de 2019, mas o cenário é muito diferente.

Há cinco anos, os pneus de 13 polegadas ainda estavam em uso, instalados na geração anterior do carro, que tinha um assoalho plano e aerodinâmica completamente diferente do carro atual.

Na verdade, para os pilotos, as equipes e também para a Pirelli, é praticamente uma questão de começar do zero, visto que as referências são muito vagas.

Complicando ainda mais a situação está o fato de que o GP da China ser o primeiro de seis eventos desta temporada no formato Sprint, que por sua vez foi levemente modificado para este ano em termos da ordem de execução das sessões.

Os treinos livres e a classificação Sprint são na sexta-feira, a corrida Sprint e a classificação no sábado, com o GP, como sempre, no domingo. O parque fechado também foi alterado, passando a ser dividido em duas partes: uma que cobre a classificação e a corrida Sprint e a outra que começa antes da classificação de sábado à tarde.

Advertisement

Isso significa que há apenas uma hora de treinos livres na sexta-feira para encontrar a configuração certa para os carros e, acima de tudo, para avaliar os pneus durante uma longa corrida numa pista que inevitavelmente estará longe das condições ideais.

É provável que, em termos de aderência, a evolução da pista, que não mudou desde 2019 e só foi utilizada com pouca frequência desde então, seja muito significativa, à medida que pouco a pouco os carros vão depositando borracha na superfície. Isso significa que o trabalho no simulador tem uma importância ainda maior para pilotos e engenheiros, tanto na preparação para a prova como durante.

O formato Sprint também significa uma alocação diferente para pneus de pista seca, caindo de 13 para 12 conjuntos (dois Duros, quatro Médios e seis Macios), enquanto o número de conjuntos para chuva permanece o mesmo (cinco Intermediários e dois de Chuva Extrema).

Abril em Xangai pode registrar uma mudança acentuada nas temperaturas, com variações em torno de 10ºC, o que acrescenta mais uma variável ao quebra-cabeça que as equipes e pilotos devem montar.

Normalmente, o GP da China é uma corrida de duas paradas, em parte porque há vários locais onde as ultrapassagens são possíveis, como na freada da curva 14 e depois na reta principal e na freada da curva 6. Assim como foi em Suzuka, o undercut geralmente é muito eficaz em Xangai.

Advertisement

Dos 20 pilotos que compõem o grid este ano, apenas três subiram no degrau mais alto do pódio de Xangai: Lewis Hamilton (seis vezes), Fernando Alonso (duas vezes) e Daniel Ricciardo (uma vez). Hamilton também tem seis poles em Xangai e marcou 204 pontos aqui. Das equipes, a Mercedes lidera o grid com seis vitórias, à frente da Ferrari, com quatro, enquanto a Red Bull venceu duas vezes. Na realidade, foi aqui, em 2009, que Sebastian Vettel deu a primeira vitória à equipe que, assim como agora, era dirigida por Christian Horner.

Continue Reading

Esportes

Ingo Hoffman ministra o BMW Driver Training 2024

Published

on

BMW Driver Training

O BMW Driver Training já tem programação definida para 2024 e está com vagas abertas. O curso tem foco em habilidades, segurança de direção e esportividade, e será ministrado por Ingo Hoffman, piloto oficial da BMW e maior campeão da Stock Car.

Atividades do BMW Driver Training ocorrerão no Circuito Panamericano e no Autódromo do Velocitta

Neste ano, o BMW Driver Training contará com duas opções de treinamento: Módulo Experience – programa com veículos da frota BMW, e Módulo Performance – veículo BMW do próprio cliente. Ele acontecerá em duas localidades, no Circuito Panamericano e no Autódromo da Velocitta, ambos no interior de São Paulo.

Aplicado por pilotos profissionais e especialistas em segurança e performance, o treinamento proporciona aos participantes o aprimoramento de seus conhecimentos ao volante em diferentes situações de pistas e no trânsito, orientando ao motorista a prever, analisar e reagir a possíveis cenários de risco, além de melhorar tempos em pista.

Realizado desde 1999 no Brasil, o BMW Driver Training acontecerá nos dias 03 e 04 de maio, 21 e 22 de junho no Circuito Panamericano, com o Módulo Experience. E nos dias 09 e 10 de agosto, e 27 e 28 de setembro, no Autódromo Velocitta com o Módulo Experience e Módulo Performance. O curso tem duração de um dia e é limitado a 20 participantes, divididos em duas turmas de 10 alunos.

Para inscrição e informações sobre atividades e compra de ingressos, acesse o site https://www.minhasinscricoes.com.br/Evento/BMWDriverTraining.

Advertisement
Continue Reading

Esportes

Arena Dream Car inaugura moderno kartódromo em São Paulo

Published

on

A Arena Dream Car vai inaugurar um dos mais modernos e seguros kartódromos da América Latina na cidade paulista de São Roque. Sua pista terá 1.030 metros de extensão por 7 metros de largura, conta com 23 boxes, arquibancada para 1.000 pessoas e sistemas de cronometragem de ponta.

Localizado na cidade de São Roque, Arena Dream Car tem pista com 1.030 metros de extensão por sete metros de largura

“São 16 opções de traçado, que vão desde os mais travados até os de alta velocidade, em que será possível atingir entre 100 km/h e 110 km/h”, explica Eduardo Gliorio Gozzano, coordenador do projeto da Arena Dream Car.

A infraestrutura disponível para pilotos e equipes oferece, além de 23 boxes, torre de cronometragem, arquibancada com capacidade para 1.000 pessoas, ambulatório, salas de comissários e de imprensa.

“A ideia é não apenas termos o nosso próprio campeonato, mas também sediar competições de terceiros”, salienta Gozzano. Para 2024, por meio de parceria com a Federação Paulista de Motociclismo, já estão programadas 10 etapas do Super Moto, além de cinco provas de campeonato de drift e 10 etapas de kart.

Karts para alugar

Para usar o circuito, não será preciso ter um kart, pois há 30 unidades para alugar. Desse total, 25 são destinadas aos adultos (motor de 13 hp) e 5 às crianças (motor de 6,5 hp). Ambos os modelos são equipados com propulsor Honda e chassi Mega Kart.

Advertisement

A bateria de rental kart com duração de 25 minutos custa R$ 180,00, valor que já inclui todos os equipamentos obrigatórios, como capacete, macacão e luvas. A Arena Dream Car funcionará de terças a domingos, das 9 às 21 horas.

Tecnologia presente inclusive no asfalto de alta performance

A tecnologia também está presente na qualidade do material empregado na pista. O asfalto de alta performance SMA (Stone Matrix Asphalt – matriz pétrea asfáltica) é o mesmo utilizado nos kartódromos e autódromos mais modernos do mundo, como o de Interlagos, por exemplo.

Entre as suas principais qualidades, estão a maior durabilidade e redução da cortina de água (spray) durante a chuva. Além disso, proporciona maior aderência e menor desgaste dos pneus, ajudando a reduzir custos e aumentando o nível de competitividade durante as corridas.

Com mais de três décadas de experiência no automobilismo, Eduardo Gliorio Gozzano foi responsável por inaugurar o kartódromo de Itu, em 1994, e por organizar o campeonato estadual, as 24 Horas de Kart e o Mundial de Kart. Foi também em Itu o lançamento do drift em solo nacional.

“Já visitei muitos kartódromos no Brasil e no exterior e não vi nada parecido com o que temos aqui, não só pela infraestrutura que o cercará, com lojas, restaurantes, museu e parque de diversões, mas também pelo moderno sistema de tratamento de esgotos, dentro de um conceito ambientalmente correto’’, finaliza Gozzano.

Advertisement

Complexo cultural, gastronômico e de lazer Dream Car Museum

Serviço

O que: Complexo cultural, gastronômico e de lazer Dream Car Museum, aberto à visitação pública desde 9 de dezembro de 2023. Construído em uma área de 100 mil metros quadrados em meio à natureza, totaliza 12 mil metros quadrados de área construída

Onde: Estrada do Vinho, 7.901, bairro Canguera, São Roque, São Paulo

Atrações: museu com 151 veículos raros (91 automóveis e picapes, 20 motos e 40 bicicletas), kartódromo, parque de diversões, 23 lojas, lanchonetes, 4 restaurantes (em funcionamento nos próximos meses), salão de eventos e capela

Horários: o complexo funciona de terças a domingos. De terças a quintas, fica aberto das 9 às 18 horas; às sextas e sábados, das 9 às 19 horas e, aos domingos e feriados, das 9 às 18 horas

Advertisement

Estacionamento: custa R$ 20,00 para carros e picapes e R$ 10,00 para motos aos finais de semana e feriados, sem limite máximo de tempo. Durante a semana, o estacionamento é gratuito. No local, há 4 eletropontos para a recarga de veículos elétricos

Ingressos: a entrada promocional para o museu custa R$ 76,00 por pessoa aos sábados e domingos. Durante a semana, o valor promocional baixa para R$ 60,00. As compras podem ser feitas diretamente na bilheteria ou antecipadamente, pelo site www.dreamcarmuseu.com.br

Meia-entrada: válida para pessoas com mais de 60 anos e crianças de 7 a 12 anos, além de estudantes e militares. Crianças com até 6 anos estão isentas

Pet friendly: o complexo foi projetado para a diversão de toda a família, incluindo, é claro, os animais de estimação. No acervo do museu, porém, podem entrar apenas pets de colo ou em carrinhos, que devem ser levados pelos visitantes

Arena Dream Car: será aberta oficialmente ao público nos dias 13 e 14 de abril, contando com infraestrutura de nível internacional: pista com 1.030 metros de extensão por 7 metros de largura, 16 opções de traçado, 23 boxes, arquibancada para 1.000 pessoas, sistemas de cronometragem e de TV para transmissão ao vivo das provas. A bateria de rental kart com duração de 25 minutos custa R$ 180,00, valor que já inclui todos os equipamentos obrigatórios, como capacete, macacão e luvas. A Arena Dream Car funciona de terças a domingos, das 9 às 21 horas

Advertisement

Contatos: podem ser feitos pelo telefone (11) 3090-9147 ou e-mail contato@dreamcarmuseu.com.br. Para mais informações, acesse o site www.dreamcarmuseu.com.br. Siga também o Dream Car Museum no Instagram: dreamcarsãoroque

Continue Reading

Trending