Connect with us

Serviços

Alpha Serviços: Saiba como funciona o seguro em caso de enchentes e alagamentos

Published

on



As seguradoras disponibilizam diversos planos de seguros


Não é novidade que durante o verão as enchentes colocam a vida de muitas pessoas. Em relação aos autoveículos, sempre fica no ar uma dúvida: o seguro tem cobertura para veículos atingidos por alagamentos e inundações?

“As seguradoras disponibilizam diversos planos de seguros, mas o seguro compreensivo, aquele popularmente chamado de seguro total, é o que garante cobertura securitária para submersão parcial ou total do veículo em água doce, proveniente de enchentes ou inundações. Essa cobertura se aplica inclusive nos casos de veículos guardados em subsolo, além da queda de árvores e de muros sobre o automóvel”, explica Marcelo Sebastião, Presidente da Comissão de Seguro de Automóvel da FenSeg – Federação Nacional de Seguros Gerais.


Embora os danos provocados por chuva e granizo estejam tradicionalmente cobertos pelas apólices de Seguro Auto, por serem considerados provenientes de causas naturais, é importante sempre verificar as condições gerais do contrato e, se for o caso, buscar orientação com o corretor de seguros.

Ele também faz um alerta importante aos motoristas. “As seguradoras orientam seus clientes para que, em caso de alagamento, procurem locais mais altos para deixar seu veículo até que as águas baixem. Se não houver essa possibilidade, saiam do automóvel em segurança, já que o seguro se encarregará do restante tão logo seja possível acessar o local.”

Para retirar o automóvel, basta pedir o reboque através do telefone ou aplicativo da Assistência 24 horas da seguradora. Para a FenSeg, o mais importante é garantir agilidade e segurança no atendimento aos clientes, como forma de minimizar as perdas. Daí a importância de entrar logo em contato com a seguradora e comunicar o sinistro. Basta informar todos os dados do veículo, explicando exatamente o que ocorreu. Várias empresas já oferecem atendimento pela Internet ou pelo aplicativo do telefone celular.

O segurado não tem o que temer. Para fazer frente aos pedidos de indenização, as seguradoras contam com reservas técnicas e a supervisão da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), órgão vinculado ao Ministério da Economia. As empresas são auditadas de forma permanente e estão sujeitas à regulamentação do Conselho Nacional de Seguros Privados.