Connect with us

Alpha Notícias: Brasil participa do desenvolvimento dos novos veículos elétricos da General Motors

Published

on



Estrutura de engenharia no País trabalha para acelerar a chegada da próxima geração de modelos ao mercado global


A General Motors está investindo US$ 35 bilhões até 2025 para o desenvolvimento de uma nova geração global de veículos elétricos, e a América do Sul tem importância estratégica neste projeto.

“Estamos neste momento trabalhando em ritmo acelerado e a primeira etapa contempla três diferentes projetos globais de veículos zero emissão, todos da marca Chevrolet, que primeiro serão lançados no mercado norte-americano”, revela Santiago Chamorro, presidente da GM América do Sul.


Não apenas por ter um mercado consumidor com potencial de trazer maior escala a esta linha de automóveis zero emissão, mas também porque a GM tem na região um complexo de engenharia e profissionais de talento capazes de contribuir para acelerar a chegada desses EVs ao mercado.

A ampla estrutura que a companhia possui no Brasil com o Campo de Provas e o Centro Tecnológico vem sendo utilizada para contribuir com o desenvolvimento de determinados modelos desta futura geração de veículos globais 100% elétricos.


As principais colaborações estão relacionadas às áreas de eficiência energética e de conectividade, além de testes de certificação e homologações necessárias para customizar os EVs à legislação e às preferências de diferentes mercados.

Tanto o Campo de Provas de Cruz Alta (CPCA) como o Centro Tecnológico (CT) da empresa ficam no Estado de São Paulo, onde a empresa anunciou em 2019 um aporte extra de R$ 10 bilhões em investimentos até meados da década.

O Campo de Provas fica em Indaiatuba e conta com uma área equivalente a 1.360 campos de futebol. Lá estão alocados sete laboratórios e 17 pistas de testes. Já o Centro Tecnológico fica em São Caetano do Sul e recebeu há pouco mais de um ano reforços nas áreas de pesquisa e desenvolvimento, o que permitiu expandir seu leque de serviços.

Apesar de estar mudando o seu escopo de negócio – passando de fabricante de automóveis para uma plataforma de inovações em mobilidade, com o fornecimento também de hardware, software e serviços conectados -, a GM continua sendo uma empresa de abrangência internacional com uma longa tradição no desenvolvimento e produção de veículos.

“Na GM, produtos de caráter global, desde a sua etapa de concepção até a fase de desenvolvimento, tudo é feito com a participação de profissionais representantes dos mais diferentes mercados, pois entendemos que a diversidade permite criar importantes diferenciais competitivos para os veículos. Afinal, nosso propósito é sermos pioneiros nas inovações que movem e conectam as pessoas ao que realmente importa”, finaliza Chamorro.