Connect with us

Alpha Pets: Saiba como fazer uma mudança com seu gato ou cachorro

Published

on



Dicas valiosas podem garantir que os pets estejam confortáveis e felizes durante o processo


Fotos: Pixabay

Em razão da pandemia de covid-19, que durou pouco mais de três anos, entre março de 2020 e maio de 2023, muitas famílias tiveram suas rotinas modificadas, como por exemplo quem ficava fora o dia todo começou a passar longas horas dentro de casa.

Nessa realidade muitos perceberam que o local onde viviam já não servia mais. Um levantamento realizado pela Loft em 2022, plataforma online de compra e venda de imóveis, mostrou que 28% dos brasileiros mudaram de residência entre os anos de 2020 e 2021.


Na coluna dessa semana trouxemos um assunto que envolve essa troca de residência e os pets: como fazer uma mudança com seu gato ou cachorro? Conversamos conversou com a Ceres Faraco, médica-veterinária e especialista em comportamento animal, que orienta como fazer transição suave.

Mudanças podem ser emocionantes, mas também podem ser estressantes, especialmente quando você tem um pet. Confira então a seguir algumas dicas valiosas para garantir que os cães e gatos também estejam confortáveis e felizes durante o processo.

Planejamento é essencial

Assim como você planeja sua mudança com antecedência, reserve um tempo para planejar também a mudança do seu pet. Certifique-se de ter todos os suprimentos essenciais, como ração, água, brinquedos, medicamentos e itens de higiene, à mão.

Introduza a mudança gradualmente

Os animais de estimação podem ser sensíveis a mudanças em sua rotina e ambiente. Comece a introduzir caixas, malas e movimentação gradualmente, para que eles se acostumem com os novos elementos.

Mantenha a rotina

Durante a mudança, tente manter a rotina diária do seu pet o mais consistente possível. Isso inclui horários de alimentação, passeios e brincadeiras. A consistência ajudará a diminuir o estresse.

Crie um espaço seguro

Ao chegar ao novo local, crie um espaço seguro e confortável para o seu pet. Coloque sua cama, brinquedos e itens familiares em um canto tranquilo para que ele se sinta em casa mais rapidamente.

Explore o novo ambiente juntos

Assim que se instalarem, explore o novo ambiente junto com o seu pet. Deixe-o explorar cada cômodo com calma e em seu próprio ritmo, recompensando-o com elogios e petiscos.

Atenção e afeto

Durante a fase de adaptação, seu pet pode precisar de atenção e afeto extras. Reserve tempo para interagir com ele, brincar e acariciar para ajudar a fortalecer os laços e aumentar a sensação de segurança.

Visitas ao veterinário

Se a mudança envolver viagens longas ou grandes mudanças de clima, considere agendar uma visita ao veterinário para garantir que seu pet esteja saudável e preparado para a transição.

Rotina de passeios e exercícios

Continue a manter uma rotina regular de passeios e exercícios para seu pet. Isso não apenas ajuda a liberar energia, mas também mantém a mente do seu pet estimulada.

Atualize informações de contato

Não se esqueça de atualizar as informações de contato do seu pet, como microchip e identificação na coleira.

Tenha paciência

Lembre-se de que a adaptação pode levar tempo e que seu pet pode reagir de maneira diferente à mudança. Tenha paciência e continue a oferecer amor e apoio.

“Mudar com um pet pode ser uma experiência gratificante, desde que seja feito com cuidado e atenção. Ao seguir essas dicas valiosas, você estará no caminho certo para garantir que a transição seja suave tanto para você quanto para seu companheiro peludo. Se possível faça uma consulta com um especialista em comportamento animal que ele poderá te orientar mais individualmente também”, finaliza Faraco.