Connect with us

Notícias

Alpha Notícias: Ford desenvolve na Europa peças de automóveis com resíduos de oliveira

Published

on



O novo biocomposto aproveita galhos e folhas da planta descartados na colheita para reduzir o uso de plástico


A Ford desenvolve uma pesquisa na Europa para produzir peças automotivas mais sustentáveis, aproveitando galhos e folhas da oliveira descartados na colheita.

“Na Ford, estamos sempre à procura de soluções mais sustentáveis e a inspiração pode vir das fontes mais improváveis. Com o aproveitamento dos resíduos de oliveira, conseguimos substituir uma quantidade significativa de matéria-prima derivada de petróleo. Além disso, as fibras sustentáveis criam uma superfície de aparência exclusiva, que será apreciada pelos clientes”, diz Inga Wehmeyer, líder do projeto na Ford Europa.


Esse estudo faz parte do projeto COMPOlive, que incentiva a criação de biocompostos renováveis para reduzir o uso de plástico em vários produtos. Ele também tem como objetivo tornar o ar mais limpo, evitando a queima dos resíduos de oliveira nas plantações.

Os engenheiros da Ford empregaram o novo material para produzir componentes do porta-malas e apoios de pé, que foram aprovados nos testes de robustez e durabilidade. A próxima etapa, agora, é viabilizar a sua produção em escala. A pesquisa utilizou resíduos de olivais da Andaluzia, na Espanha, a maior região produtora de azeite do mundo.


Os testes de durabilidade, resistência e moldabilidade do biocomposto de oliveira foram feitos com a ajuda de tecnologias de simulação inteligente nos laboratórios da Ford em Colônia, na Alemanha. Os protótipos contêm 40% de fibras e 60% de plástico de polipropileno reciclado, aquecidos e moldados por injeção.

Para chegar à mistura certa, foram experimentadas diferentes proporções de resíduos e polipropileno, um trabalho árduo que permitiu produzir um material com excelente resistência, durabilidade e flexibilidade. Entre outras soluções sustentáveis, a Ford já utiliza forros e carpetes feitos de garrafas PET, espuma derivada de soja e peças feitas com plástico reciclado dos oceanos em seus veículos.