Connect with us

Motos

Alpha Motos: Bajaj inicia operação de motocicletas no Brasil com preço a partir de R$ 18.680,00

Published

on



Indiana é a terceira maior montadora do mundo e vai produzir seus modelos em Manaus


Agitação no mercado brasileiro de duas rodas: a gigante indiana Bajaj, terceira maior fabricante de motocicletas do mundo, faz sua estreia oficial no País comercializando os modelos Dominar 400, com preço a partir de R$ 24.200,00; Dominar 200, com preço a partir de R$ 19.637,00; e Dominar 160, com preço a partir de R$ 18.680,00.

“Estamos muito entusiasmados com essa jornada que está sendo iniciada em um país relevante como o Brasil. Aqui temos um dos maiores volumes de vendas do mundo e a Bajaj mostra, nos segmentos que está estreando, que essa chegada ao mercado brasileiro é só o botão de partida para um projeto de longo prazo”, explica Waldyr Ferreira, Country Manager da Bajaj do Brasil.


Com capacidade produtiva em torno de sete milhões de unidades por ano em suas quatro unidades fabris espalhadas pela Índia, suas motocicletas são exportadas para 79 países, dentre os quais há 17 mercados em que a marca é líder de vendas, como Colômbia, Nigéria, Egito e Filipinas.

Para quem nunca ouviu falar da Bajaj, seu histórico de parcerias e aquisição mostra que sua vinda para o Brasil não é para aventura. A parceria com a KTM, por exemplo, foi iniciada em 2007, quando a Bajaj assinou um contrato para desenvolvimento de uma linha de novos modelos. As motos começaram a ser produzidas em 2013, na planta indiana de Pantnagar, da Bajaj. A aproximação entre Bajaj e KTM consolidou-se em 2017, quando a empresa indiana adquiriu 49% das ações da marca austríaca. Já a cooperação com a Husqvarna, que pertence à KTM, nasceu em 2011 e rendeu o primeiro produto oito anos depois. Com a Triumph, por sua vez, a Bajaj assinou acordo dois anos atrás, em 2020, para desenvolvimento de novos produtos.


A operação no Brasil é realizada pela própria marca, por intermédio de uma subsidiária própria – e não por um importador autorizado, por exemplo. “A opção por se instalar na condição de subsidiária é estratégica. Nós apostamos alto no Brasil”, afirma Rakesh Sharma, Executive Director da Bajaj Auto Limited.

A Bajaj chega por aqui com a promessa de movimentar o setor motociclístico, com uma nova geração de motos de baixa e média cilindradas, segmento de maior volume do mercado, que correspondem a 41% das vendas no acumulado de 2022.

Com investimento significativo nesta estreia, que inclui a formação da rede de concessionárias, marketing e despesas operacionais, a Bajaj terá produção local, utilizando a planta industrial da Dafra na Zona Franca de Manaus, AM.

Modelos da linha Dominar


Os modelos a serem comercializados nesta estreia da Bajaj Brasil pertencem à família Dominar. São três cilindradas: 400, 200 e 160.

Um grande destaque, nesse aspecto, é a suspensão traseira monoamortecida nos três modelos, com reservatório de gás do amortecedor separado, sendo que a 160 será a única a dispor desse recurso em seu segmento.

Esteticamente, a família Dominar tem proposta street, mas remetem ao design das Naked Sports. Possuem frentes com faróis triangulares, que na versão 400 é de full LED.

Guidões tipo split, quadros perimetrais e painéis de instrumentos com diversos recursos em LCD, além de ponteiras de escape cuidadosamente moldadas para gerarem um visual esportivo, são outros recursos da linha Dominar.