Connect with us

Motos

Alpha Motos: Honda apresenta novos modelos e forte tradição dos motores quatro em linha

Published

on



CB 650R e CBR 650R chegam com novas opções de cores e acabamento na linha 2024


A forte tradição dos motores quatro em linha Honda está presente na naked CB 650R Neo Sports Café, com preço a partir de R$ 52.590,00, e na esportiva CBR 650R, com preço a partir de R$ 55.360,00, que na linha 2024 atendem anseios de usuários distintos, mas cujo ponto em comum é a alta tecnologia

Para a versão 2024 os modelos se caracterizam por novas cores e acabamentos. A naked CB 650R, fiel ao estilo Neo Sports Café introduzido pela CB 1000R, será oferecida na nova opção de cor Laranja Perolizado, além da Vermelho Perolizado e Cinza Fosco. Outra novidade diz respeito a cor do motor, rodas e suspensão dianteira, agora integralmente pretos. O mesmo se dá com a esportiva CBR 650R, que terá opção a inédita Branco Perolizado, além da Vermelho.


Uma característica marcante destas motocicletas é a especial atenção dada para a ergonomia. Na CB 650R a triangulação entre guidão plano, pedaleiras e assento bipartido determinam uma posição de pilotagem típica nas naked, ideal para trechos urbanos ou estradinhas sinuosas, enquanto na CBR 650R os semi-guidões, mais baixos, assim como a presença da carenagem, direcionam a versão para um uso rodoviário e eventuais sessões em pista nos track-days. Mesmo assim, a grande versatilidade de CB e CBR 650R é um traço comum, sendo modelos adequados a uma ampla gama de usos.

Em ambas a mais recente tecnologia está presente: a iluminação é full-LED e o painel digital, tipo blackout, oferece excelente visibilidade e variedade de informações, com destaque para a shift-light configurável, que alerta para o momento adequado para troca de marcha. Outro dispositivo importante das CB&CBR 650R é o ESS – Emergency Stop Signal, que ativa de modo automático as setas traseiras em caso de frenagem brusca.

O motor da CB e CBR 650R 2024 traz especificações inalteradas: tetracilindro DOHC arrefecido a líquido, câmbio de seis marchas com embreagem assistida, deslizante e sistema HSTC – Honda Selectable Torque Control. A potência máxima é de 88,4 cv a 11.500 rpm, o torque máximo 6,13 kgf.m a 8.000 rpm. A parte ciclística também não recebeu modificações: chassi tubular de aço tipo Diamond com suspensão Showa SFF (Separated Function Fork) invertida à frente, enquanto na traseira a balança de suspensão é vinculada ao conjunto mola-amortecedor regulável na pré-carga da mola em sete posições.

Os freios a disco dianteiros são do tipo flutuante, com sistema ABS de dois canais que atua nos cálipers de quatro pistões de fixação radial. O freio a disco traseiro tem cáliper de pinça simples. As rodas de liga-leve são calçadas com pneus 120/70-ZR17 à frente e 180/55-ZR17 atrás.