Connect with us

Pesados

Alpha Pesados: Brasil terá projeto pioneiro de corredor logístico a gás natural liquefeito

Published

on



Eneva, Virtu GNL e Scania ampliam a inserção do GNL no transporte de cargas e a transição energética no segmento


As empresas Eneva, Scania e Virtu GNL firmaram contrato de aquisição de caminhões a GNL – Gás Natural Liquefeito, como primeiro e importante passo para criar o maior corredor logístico rodoviário com foco na redução de emissões de CO2, abrangendo inicialmente as regiões Norte e Nordeste do Brasil.

A parceria prevê que a Eneva forneça o GNL, além de utilizar o próprio GNL para transporte de suas cargas, a Scania atue como provedora da solução de transporte, e a Virtu GNL seja a fornecedora de serviços logísticos de descarbonização, envolvendo a operação dos caminhões e postos de abastecimento.

A assinatura dos contratos celebra o primeiro movimento de grande relevância para a criação de um promissor mercado no país: o do uso do GNL como combustível para o transporte rodoviário pesado de longa distância.

O setor de transporte e logística é o terceiro setor que mais emite gases de efeito estufa no país. A redução da pegada de carbono no escoamento de produtos é fundamental para alcançar o desafio de zerar as emissões das empresas. A substituição do diesel pelo gás natural promove redução de até 20% na emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE), além de mais 85% de NOX e particulados. Essa jornada pretende criar uma infraestrutura de abastecimento que permitirá a migração para os combustíveis mais sustentáveis, como biometano (biognl), em que o Brasil se apresenta com potencial para ser o líder mundial.