Connect with us

Alpha Notícias: Melhorando a segurança e o desempenho na pilotagem: a importância do ajuste de suspensão da moto

Published

on



Marcelo Martini*


A suspensão é uma das partes mais críticas de uma moto, uma vez que um ajuste inadequado pode levar a problemas como falta de aderência, dificuldade de manobrar e até mesmo risco de acidentes. Isso porque a suspensão é responsável por manter o contato do pneu com o solo, garantindo o desempenho da motocicleta em termos de estabilidade, dirigibilidade, frenagem e segurança.

O ajuste na suspensão da moto deve ser um dos principais pontos considerados durante a manutenção preventiva, pois há um desgaste natural do amortecedor e das molas por conta do uso e pelo peso do motociclista e da carga. Desta forma, é essencial que o procedimento seja realizado por um profissional especializado, que conte com as ferramentas e a experiência adequadas para fazer os ajustes de acordo com a necessidade. Além disso, também é sempre necessário consultar as orientações do fabricante para saber o ajuste correto para cada motocicleta.


De acordo com um estudo realizado pela revista Motorcyclist, o ajuste adequado da suspensão dianteira e traseira pode melhorar a aderência em até 30%, o que pode ser crucial em situações de frenagem ou mudanças bruscas de direção.

Os principais ajustes de suspensão estão relacionados ao peso e à compressão. Para ajustar a suspensão da moto de acordo com o peso, deve-se considerar onde ela é mais usada, ou seja, em que tipo de estrada. É fundamental, também, que a moto esteja com a revisão em dia. O ajuste da suspensão em relação ao peso do piloto possibilita, assim, uma direção mais segura e confortável.

Já o ajuste de compressão é feito durante um processo de frenagem ou no momento que a moto passa por ondulações na pista, onde a suspensão dianteira é comprimida para conseguir manter a estabilidade da motocicleta. Em algumas situações, quando a suspensão está muito macia, pode provocar o fim de curso do amortecedor, que são as batidas secas em buracos “normais”, e podem ser indicativas de que algo vai mal na suspensão. Os motivos podem ser o desgaste por uso da peça ou o sobrepeso carregado na motocicleta, os quais podem levar a moto a desestabilizar. E, caso a suspensão esteja muito dura ou rígida, poderá provocar impactos e trepidações em excesso, ocasionando desconforto ao motociclista, o que geralmente significa que a carga da mola está acima do necessário.

Para garantir ainda mais segurança na hora de pilotar, também é importante utilizar um lubrificante de qualidade nas motos. O fluido ou óleo de suspensão é responsável por manter toda a suspensão da moto em funcionamento, absorvendo os impactos e minimizando o atrito entre as peças, garantindo, assim, o funcionamento adequado dos componentes da suspensão.

Portanto, revisão e manutenção são as palavras-chave quando o assunto é garantir o desempenho e, principalmente, a segurança do motociclista. Com um ajuste adequado de suspensão, é possível desfrutar de uma pilotagem mais segura, confortável e divertida.

*Marcelo Martini é Gerente de Vendas do Aftermarket da FUCHS.