Connect with us

Notícias

Alpha Notícias: O “milagre” do Fiat 147 na escadaria da igreja da Penha

Published

on


Acesse este podcast em https://www.youtube.com/watch?v=Z5Ipy6J6ETM

Há poucos dias comentei sobre a criatividade dos amigos da Stellantis ao inovar o formato de testes com o evento Rampage 24 horas, o que me fez lembrar de outra importante ação, quando um veículo Fiat 147 venceu os 382 degraus da escadaria da igreja de Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro, e os fiéis consideraram mais um milagre da santa.

A ação foi realizada em outubro de 1976, três meses após o início de produção do Fiat 147 no mercado brasileiro e a apresentação do carro no Salão do Automóvel.

Reconheço as virtudes profissionais dos funcionários do departamento de Imprensa da época porque, realizaram trabalhos importantes que ajudaram a marca italiana a se impor no mercado e, gradativamente, chegar à liderança pelos produtos lançados e pelo ousado trabalho de divulgação.

Esses profissionais e os italianos da Fiat conseguiram identificar alguns símbolos históricos do Brasil que, nós, aqui nascentes e residentes não conseguimos.

É claro que eles contaram com a ajuda de uma das melhores agências de publicidade do Brasil, a MPM, mas foram os únicos a ter olhos para uma igreja construída no alto de um morro num bairro da zona sul do Rio de Janeiro.

Esse símbolo histórico está numa posição que permite sempre ser admirada por quem chega à cidade de carro, avião ou navio. É o Santuário Basílica da Penha e popularmente conhecida como Igreja da Penha.

Construída no alto de uma pedra, é famosa pelos 382 degraus da escadaria, onde muitos fiéis pagam promessas, subindo a pé e até de joelhos. O santuário possui também 3 funiculares, de uso gratuito, para facilitar o acesso das pessoas que não podem subir sua ladeira e escadaria.

Na pesquisa que realizaram souberam que, anualmente, o santuário promove os festejos da padroeira no mês de outubro com celebração de missas de hora em hora aos domingos, além de shows religiosos, procissões luminosas, missas campais, apresentação de grupos folclóricos e de corais além de montagem de barracas de comidas típicas, doces diversos e música ambiente.

A Igreja Nossa Senhora da Penha é alvo de forte devoção dos católicos e atrai grande fluxo de pessoas, principalmente em outubro, mês em que acontecem os festejos comemorativos.

O Santuário existe há 388 anos e começou a ser construído em 1635, no alto da pedra a 111 metros de altura em agradecimento do capitão Baltazar, proprietário da área, por ser atendido por Nossa Senhora, que o livrou do ataque de uma serpente, quando pediu ajuda à santa e logo surgiu um lagarto que provocou a fuga da cobra.

A vista da Igreja é exuberante e privilegiada e dela pode-se admirar o Corcovado, Pão de Açúcar, Aeroporto do Galeão e até parte de Teresópolis.

A escadaria foi construída em 1819, porque, dois anos antes, um casal piedoso pediu à santa que lhes dessem um filho, já que eram casados por muito tempo e ainda não haviam conseguido.

A esposa, senhora Maria Barbosa, prometeu esculpir uma escada no duro granito do penhasco para tornar mais fácil o acesso à igreja. No ano seguinte, o filho foi concebido e a escadaria ficou pronta um ano depois. Foram 382 degraus talhados na pedra.

Com essa história e os atrativos religiosos, a Fiat aceitou o desafio proposto de tentar subir a escadaria com um Fiat 147.

No dia 16 de outubro, funcionários da Fiat ajudaram a montar uma rampa de madeira para o carro chegar à escadaria, pela qual o piloto do Fiat 147 branco o conduziu até o alto, provocando admiração do público presente.

Em dia de festa, o pequeno automóvel causou grande surpresa atingindo o alto do morro de pedra, o que, para muitos, foi um novo milagre. Até hoje, nenhum outro carro repetiu a façanha do Fiat 147.