Connect with us

Geral

Casa Fiat de Cultura apresenta exposição “A forma como variável”

Published

on

Casa Fiat de Cultura apresenta exposição “A forma como variável”

A relação entre a superfície e o espaço geométrico é a base dos estudos da artista plástica Mozileide Neri, que estará em cartaz na Casa Fiat de Cultura com a exposição “A forma como variável”, escolhida no 7º Programa de Seleção da Piccola Galleria.

A mostra apresenta mais de 340 colagens, compostas pela coexistência dos diferentes campos de cor em sobreposições de camadas cromáticas, com a criação de elementos e formas irregulares. As obras apresentam superfícies de diversas texturas e cores, construídas para a interação sensorial de todos os públicos. Toda a programação é gratuita.

Artista carioca Mozileide Neri proporciona ao público na exposição “A forma como variável” uma experiência multissensorial e interativa

Essa exposição nasce a partir de uma pesquisa sobre acessibilidade cultural.  A variação cromática e tátil se baseia na técnica de colagem e apresenta uma vasta representação de formatos figurativos e abstratos, produzidos por meio da utilização de cores reaproveitadas de embalagens de diversos produtos, impressas sobre papéis de gramaturas altas.

Algumas obras poderão ser tocadas, enquanto outras apresentarão experiências olfativas (uma obra tem glicerina) e sonoras (uma das obras terá sementes no interior, que produzem barulho com o movimento).

Mais do que um recurso, a acessibilidade é um conceito evidenciado na expografia, que também contará com legendas em fonte ampliada e braille e um vídeo em Libras.

Advertisement

Em “A forma como variável” o público poderá vivenciar experiências multissensoriais, investigando as diversas texturas que não são percebidas no campo visual. “A ideia é que o visitante consiga perceber a origem do material e experimentar o toque a partir da ponta dos dedos – algo que os videntes normalmente não conseguem”, explica Mozileide Neri.

Ela destaca, ainda, que a exposição permite vários percursos, sempre tentando entender o que é uma forma. “Sempre tento provocar, mas não dou muitas respostas. Quero que o visitante tenha várias percepções e crie diferentes conexões a partir do que ele ver na galeria.”

O trabalho tem um diálogo próximo com as obras de Lygia Clark, Lygia Pape e Maria Leontina, seja nas linhas retas, nas ideias experimentais ou nas formas geométricas. Para a historiadora de arte Anamaria Silva, que assina o texto curatorial da exposição, as configurações não definidas, inventivas, orgânicas e irregulares nos provocam a criar outras percepções sobre elas. “É preciso percorrer cada tonalidade, perceber as modulações. É necessário variar o olhar.” As obras apresentam pequenos formatos e poderão ser percebidas tanto de forma individual, quanto em conjunto, com toda a ocupação da galeria.

Serviço

Exposição “A forma como variável”, de Mozileide Neri, na Casa Fiat de Cultura

Período expositivo: 28 de maio a 14 de julho de 2024

Advertisement

Visitação presencial: terça-feira a sexta-feira das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h (exceto segundas-feiras)

Tour virtual no site: www.casafiatdecultura.com.br

Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG

Circuito Liberdade

Advertisement

Horário de Funcionamento

Terça-feira a sexta-feira, das 10h às 21h

Sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h

Informações

www.casafiatdecultura.com.br

Advertisement

casafiatdecultura@stellantis.com

facebook.com.br/casafiatdecultura

Instagram: @casafiatdecultura

Twitter: @casafiat

YouTube: Casa Fiat de Cultura

Advertisement
Advertisement

Copyright © desde 2013 Alpha Autos