Connect with us

Alpha Pets: As vantagens de uma dieta balanceada e natural para os pets

Published

on



É possível incluir nas refeições alimentos que ajudam no bem-estar dos cães e gatos


Fotos: Pixabay

Ter uma alimentação balanceada e natural não é mais privilégio apenas dos humanos. Os pets também podem usufruir dessa dieta, com a possibilidade de incluir nas refeições alimentos naturais que ajudam no bem-estar e saúde dos cães e gatos.

Antes de inserir o pet nessa nova dieta é preciso entender a diferença entre a alimentação tradicional e a natural, quais tipos de alimentos podem ser oferecidos, benefícios dessa alimentação e aperitivos permitidos para o dia a dia.


Numa dieta balanceada e que seja o mais natural possível, além da alimentação feita com a ração, há a possibilidade de incluir alimentos naturais, como frutas a carboidratos saudáveis, mas sabendo moderar a oferta aos cães e gatos.

Enquanto na alimentação tradicional é ofertada a ração seca, no natural são oferecidas refeições completamente naturais, como legumes, carnes e vegetais. Alimentos cozidos a vapor, livres de conservantes ou componentes químicos, têm sido opções viáveis.


“Disponibilizar alimentos naturais também contribui para uma dieta balanceada, sempre levando em consideração as particularidades de cada pet. É uma prática até incentivada, pois pode trazer benefícios nutritivos, além de bem-estar e longevidade”, comenta Thiago Teixeira, diretor-geral do centro veterinário Nouvet.

Além de adquirir produtos naturais de empresas confiáveis, é importante as famílias entenderem quais alimentos disponíveis em casa são, de fato, permitidos. Confira alguns:

Frutas

Ricas em vitaminas, fibras e água, as frutas costumam ser bem aceitas por cães e gatos, sendo as preferidas maçã, pera e banana – uva deve ser evitada por conter substâncias tóxicas. Além de oferecê-las em cortes pequenos, uma boa forma de disponibilizar esse tipo de petisco natural é fazer picolés em épocas mais quentes.

É preciso apenas misturar a fruta com água, colocar em forminhas, levar ao congelador e entregar ao pet. Assim, além de consumir um alimento saudável, ele estará se hidratando e se entretendo com as lambidas.

Legumes e verduras

Por serem alimentos ricos em fibras e antioxidantes, e com menos açúcares, legumes e verduras também são bem-vindos como petiscos. Entre alguns legumes excelentes para os pets estão a cenoura crua, que ajuda na limpeza dos dentes, e a abobrinha crua e com casca, que pode ajudar na visão e na pele.

Já na categoria de verduras, a alface é bem recomendada, pois é uma fonte de cálcio e vitamina A, além de ajudar na manutenção dos ossos e do trato intestinal.

Carboidratos saudáveis

Para os cães que ficam em volta da mesa pedindo comida durante as refeições da família, é importante saber quais tipos de carboidratos são permitidos para o consumo deles.

Levando sempre em conta um cozimento bem-feito e sem tempero, grãos como arroz integral, aveia e quinoa proporcionam nutrientes e energia. A batata assada ou cozida, livre de temperos, também é uma boa opção, garantindo vitaminas do complexo B e K, fósforo e potássio.

“Todo alimento precisa ser entregue de forma moderada aos bichinhos e, mais do que isso, sempre com base na orientação de um médico-veterinário. Antes de oferecer alimentos diferentes, entenda com o profissional quais são as contraindicações e peculiaridades de cada pet. Além de, é claro, saber se seu amiguinho tem alergias ou sensibilidade às comidas”, finaliza Teixeira.